30 maio 2013

Ainda na barriga e já pregas sustos...

Pois é! Foi um susto e tanto, confesso.
No passado dia 23 fomos fazer a morfológica à TocoEco, como fazemos sempre, desde a gravidez da Sara e não fosse um pequeno pormenor, estaria tudo bem.
O pequeno pormenor podia ter-se transformado num muito grande...
O intestino do bebe apresentava uma densidade igual ao osso, ou seja, estava hiperecogênico. Na ecografia aparecia tão brilhante como os ossos, fundamentalmente é isto!
Bom, inicialmente e depois de falar com a medica que fez a eco, fiquei sem saber bem que pensar.
Não se tratava de uma doença, mas sim de um sintoma, uma indicação que algo não estaria bem.
Ainda no caminho enviei sms à minha GO que me pediu para antecipar a consulta logo para a próxima segunda-feira... pensei logo que, de facto algo podia não estar bem.
Já em casa e como a cabeça não pára acedi à net e tentei procurar respostas... sem grande sucesso.
Não é uma situação muito comum. Os poucos relatos que apareciam eram confusos e alguns nem conseguia perceber como tinham terminado.
Consegui entender que podia estar associado às trissomias, a fribrose cistica, o bebe podia nao ter anus, podia ter havido sangramento no útero e o bebe ter ingerido aquele sangue e daí aquela massa densa... ou simplesmente não ser nada e passar ao longo da gravidez.
Bom, fiquei assim, com uma angustia e um aperto no coração até ao dia da consulta.
Na consulta, a medica pediu para fazer rapidamente exame à toxoplasmose e ao citomegalovirus (doença do beijo).
Observou-me, o colo estava bem, aumentei so 500g desde a ultima consulta e o mais importante de tudo, marcou uma eco de alta resolução na Maternidade Bissaya Barreto em Coimbra para a quarta-feira seguinte, onde íamos apurar o grau de densidade e fazer novas medições no bebe, daí e caso o diagnostico se confirmasse ser-nos-ia sugerido uma amniocentese.
Instalou-se em mim uma ansiedade tal que mal consegui dormir nessa noite. Pesquisei, pesquisei, mas com pouco sucesso. Chorei tanto, também.
Uma amiga traduziu-me uns documentos do Pubmed e explicou bem o que podia estar a acontecer... no fim confesso que fiquei mais serena... e a acreditar que o meu bebe ia ser um daqueles em que ia passar ao longo da gestação.
No dia seguinte, as 10h la estávamos na maternidade, fizemos uma entrevista breve com uma medica que fez o historial clínico da gravidez e das nossas doenças.
Seguimos para uma espera de quase duas horas... embora só houvesse cerca de 3 pessoas à frente para fazer aquela eco, este exame é sempre muito demorado.
Por volta das 11:30 la nos chamaram, o exame foi feito na presença de 3 médicos. Sempre bem dispostos e animados... deu para aliviar a tensão que sentíamos... e perceber que afinal estava tudo bem.
O intestino nesse dia estava normalíssimo, escuro como sempre devia ter estado.
Explicaram-nos que o bebe nesta fase começa a ter transito intestinal, ele pode ter sofrido de tipo "prisão de ventre" e aquele meconio que la estava tornou-se denso.
O certo é que naquele dia não havia brilho absolutamente nenhum...
Fizeram de novo todas as medições e até nos deram umas "fotos sociais" muita giras... :)
Ainda voltamos a falar com a medica da entrevista inicial, mas ela só confirmou que estava tudo bem e saímos com o maior dos sorrisos do mundo.
Fiquei super aliviada... super feliz...
Tudo não passou de um valente susto, é verdade, mas que deu para tudo em questão deu, puxa!
Mas Deus existe e Ele esta lá a olhar para nós e a tomar conta da sua criação, a só tenho de estar grata por ter tomado conta da situação.
Confesso que se algo estive errado, se algo se passasse com o meu bebe não sei como reagiria... não sei que faria... nao consigo sequer pensar nessa hipótese.
Quanto ao sexo, conseguimos continuar sem ser saber o que é! O mais importante de tudo é que esta bem.

9 comentários:

Ana disse...

:) tb tinha a certeza q iria estar tudo bem... e ainda bem que te pude ajudar um pouco a perceber mais do que se estava a passar... confesso que nessa manhã passei o tempo a ver se havia novidades... e houve das melhores possiveis!!! Beijos gigantes para ti e para a tua barriguita

Jaqueline Freitas disse...

Oi vi sua história. Não sei se vai ler esse comentário, mas espero que sim. Estou com 22 semanas e na ultrasson apareceu intestino ecogenico. O médico da ultra tentou me tranquilizar, disse que era pouco e que a maioria das crianças nasciam normal. Estou com muita angústia no coração, sem dormir a 3 dias. Meu obstetra falou para eu marcar uma consulta com um médico especialista em medicina fetal. Só segunda feira para marcar e nem sei se terá vaga, estou angustiada. Vou rezar para no próximo exame tenha sumido.

Jaqueline Freitas disse...

Estou aflita, estou com 22 semanas e meu exame deu o mesmo, que angustia, não durmo e o pior que meu obstetra não me fala nada. Pediu para eu procurar um especialista em medicina fetal. Só segunda para marcar. Que angustia

Rute disse...

Oi. Fica tranquila. O que aconteceu aqui foi que depois tivemos de repetir a ecografia, fizemos uma de alta resolução e nessa feita na semana seguinte estava tudo bem. Também apanhei um valente susto. No fim tudo terminou bem. Hoje é um belo rapaz de 3 anos. Um beijo e desenho que tudo fique bem convosco tambem.

Jaqueline Freitas disse...

Então, vou repetir a próxima ultrasson dia 09.01, espero que tenha sumido. Procurei um especialista, paguei até consulta (mesmo tendo plano de saúde, lá só particular) O cara é pôs graduado em Londres. Já levei os exames de cmv , vdrl e toxo e deu tudo negativo. O que ele me disse que poderia fazer a amniocentese mas que se fosse com ele não faria. Ele disse que o intestino é pouco ecogenico e que é 99% de chance do meu filho nascer normal. Que muitas mães que não fazem o pre natal podem ter filhos assim é não saber. Ficou com medo da síndrome de down e fibrose cística, mas em relação ao down ele não tem outros indicadores, como ausência do isso nasal e a fibrose cística pedi para fazer o exame e o médico falou que não era necessário pois não tenho histórico na família. Enfim resolvi rezar e não fazer aminiocentese para não por em risco o bebê por algo que não trata, esse exame só faz diagnóstico e tem risco de romper a bolsa. Vou rezar e peço oração de quem ler essa mensagem para que suma isso na próxima ultra não tenha mais 🙏🏻

Jaqueline Freitas disse...

Rute você estava com quantas semanas quando apareceu o intestino hipervolêmico? Estou com 23 semanas e falei ao meu médico que podia ser trânsito intestinal, que eu tinha lido sobre isso é ele falou que nessa fase não tinha isso de trânsito ainda, só no final de gestação. Achei estranho porque pesquisei na net e vi que a partir do 5 mês tem trânsito intestinal

Jaqueline Freitas disse...

Ah e ainda tem uma coisa: fiz a ultra morfológica no dia 13.12 e a médica da morfológica não me falou nada do intestino (apesar de ter colocado no laudo) apenas me falou com o volume dos ventrículos estava em 9 e que o limite era 10 (risco de hidrocefalia), fiquei doida é em dois dias paguei (porque o plano não iria liberar novamente) e o médico especialista em medicina fetal falou: não tem nada de 9 ,é 5. Ela mediu errado. Então temos que ter muito cuidado porque médico de imagem tem que ser indicacao. Imagine que a louca da médica por ter medido errado me disse que meu filho tinha risco de hidrocefalia

Ingrid Silva disse...

Estou muito preocupada fiz minha eco e o médico só falou q o intestino do bb tinha um brilho mais quando fui olar o resultado tinha lá hiperecogenicidade estou cm 14s5d estou muito nervosa ontem nem consegui durmir direito.

Jaqueline Freitas disse...

?